Domingo 20 Abril 2014

O E-Commerce

Avaliação do Usuário

Star activeStar activeStar activeStar activeStar active
 

 

Ter hoje, nas empredig. (Neologismo - empreendimento digital), seja de que porte forem, uma linha de produtos ou serviços disponibilizados na forma de e-commerce é fundamental para o crescimento e o fortalecimento da estrutura dos negócios, da sua comercialização e do desenvolvimento de projetos futuros, baseados no mundo da web. Por meio de suas lojas virtuais agregadas a serviços de e-mail, marketing digital, boletins informativos, mecanismos de busca como Google (Google AdWords, AdSense), Yahoo e Bing, plataformas famosas do e-commerce como Magento, OpenCart, VirtueMart, softwares de vendas online, a evolução tecnoinfo, e as redes sociais, para saber como e cada vez mais atender melhor e, eficientemente seu target. E, na onda de uma realidade cada vez mais virtual onde os negócios se concretizam rompendo distâncias, e contratos são firmados com assinaturas virtuais legítimas por meio de senhas altamente seguras e chaves de criptografia que comprovam que, àquela rubrica evidentemente é sua. O comércio online veio para trazer soluções de alcances globais, as pessoas compram cada vez mais, o e-commerce segue em ritmo acelerado com crescimento anual próximo aos 30%. Em 2014, o número de consumidores online ultrapassará os 60 milhões e essas pessoas serão responsáveis por um equivalente em compras na ordem de ou superior a R$ 35 bilhões de reais.

As pessoas vivem cada vez mais tempo conectadas. Mais de 100 milhões de brasileiros têm acesso à Internet em casa ou no trabalho. As vendas de equipamentos de acesso móvel como tabletes e smartphones praticamente dobram a cada ano e as pessoas acessam a Internet a qualquer momento e de qualquer lugar. (Segundo o site E-commerce.org)

 

O que importa no e-commerce

Ter uma forte equipe de colaboradores voltada para o desenvolvimento de projetos digitais, em qualquer que seja o segmento comercial é de extrema importância para o negócio. E para se situar, acompanhar e viver nos padrões do mundo de hoje. Ou pode-se dizer, segundo conceitos e atitudes, padrões de uma Campus Party.

As redes sociais apesar dos modismos têm alavancado grandes recursos, de monetização e de imagem onde nelas, as empresas que estiverem presentes e inseridas seguirão a onda de virtualização mesmo que por período curto de tempo como aconteceu primeiro com o MSN e IG, depois com o Orkut, e agora com o Facebook e YouTube. Sendo de máxima importância fazer parte deste mundo cujo público alvo, os jovens em maioria, com bastante poder aquisitivo tem movimentado massas entorno de seus interesses, provando com isso que é fundamental segui-la. Primeiro para que se tenha conhecimento das aspirações e necessidades destes jovens que são potencialmente clientes destas freguesias.

Fistek News



Receber em HTML?

Joomla Extensions powered by Joobi

Ajude o Site!